Meu nome é Aline e minha querida sogra veio a falecer do dia 15/06 pela sepse. Ela fez uma cirurgia cardíaca para troca de valva aorta por causa de uma estenose e até ai tudo correu bem, mas depois que ela subiu para o quarto em vez de melhorar ela so foi piorando e penso que a equipe do hospital não viram sinais de sepse que ela começou a sofrer umas 24 horas antes de falacer, sou estudante de enfermagem mas infelizmente eu moro em outro estado, e não estava perto para reclamar de todo seu sofrimento , mas meu sogro ia me relatando tudo conforme os sintomas que ela ia sentindo por Telefone, na noite de segunda feira ela tomou seu banho e ja estava desorientada, alegou pro meu sogro não saber onde iria se deitar, não sabendo mais onde estava , não conversou mais por Telefone com a gente, falava muito baixo e no dia seguinte meu cunhado tirou uma foto dela dormindo na parte da tarde, e percebi que um dos olhos estavam semi abertos com desvio de rima e nesta noite ela estava com uma dor insuportável no braço,  meu sogro tirou uma foto e estava totalmente roxo, as enfermeiras trataram com aquele gel para flebites , alegando que era por causa de algum acesso, mas nenhum medicamento tirou aquela dor dela, naquele mesmo dia meu sogro a levou pra tomar banho e foi quando percebeu que minha sogra estava com paralisia em um dos lados do corpo, ela acabava de sofrer um avc,  e se a equipe tivesse tido mais responsabilidade poderiam ter investigado mais sobre a dor intensa no braço esquerdo que poderia ser tranquilamente um coágulo que fora parar no cérebro assim que se levantou para o banho, após isso tudo foi por água abaixo, seus rins começaram a paralisar, e na manhã de quarta feira ela faleceu com septicemia, choque septico, falência renal, reincidência de uma infecção urinária que ela tratou antes da cirurgia, avc,  parada cardiorespiratoria, após várias tentativas eles desistiram de reanimar ela pois o choque tinha tomado conta.  Posso estar falando coisas erradas, mas pelo pouco conhecimento que tenho na área,  tenho quase certeza que foi descaso,sendo que ela dois dias tinhas sintomas clássicos de sepse e avc e ninguém abriu protocolo algum nem que fosse pra garantir e ter certeza que não corria esse risco, ninguém fez nada e meu sogro infelizmente sem conhecimento de nada na sua ignoracia de uma pessoa simples aceitou e nem interrogou, eu até queria entrar com processo, e pegar seus documentos no hospital para investigação,  mas a família não quis mexer nisso e eu respeitei por ela ser minha sogra e aceitei a decisão deles. Mas a equipe foi despreparada e não teve olhar científico para o problema e por causa disso perdemos nosso ente querido que faz muita falta em nossas vidas por mera falta de humanização, não olhar para o outro com devida atenção .

Leave A Comment