EM 2014 meu filho, teve.um abcessso por nome antraz, em baixo do braço esquerdo, axilas. Como ele é alérgico os medicos demoraram uma semana para diagnosticar o motivo da febre alta que nao passava com amoxilina 500, e os outros sintomas,falta de ar, coriza do nariz e garganta inflamada. Após uma semana de tratamento em casa, levei ao HOSPITAL XXXX  aqui em Salvador. Porém a equipe que o recebeu demorou mais 04 dias para drenar o abcesso que ja havia sido diagnosticado no PA, e meu filho teve parada renal, a bacteria ja havia se instalado na corrente sanguinea, e comprometido os pulmões. Ficamos mais uma semana na UTI , ele teve que usar respirador artificial, e medicação direto na safena. Após a uti, mais uma semana no leito, para completar o ciclo da medicação. Foi muito triste ver neu filho naquele quadro, quase morre. Acho que os médicos devem estar mais atentos e informados para que nao aconteça mais casos deste tipo. No nosso caso tudo acabou bem, ele se recuperou e voltou vida normal,mas quantos nao tem a mesma sorte?”

Leave A Comment