dms

17
maio

Programa Distinção no Tratamento da Sepse – Certifique seu hospital também

O Programa Distinção no Tratamento da Sepse, desenvolvido em parceria do Instituto Latino Americano da Sepse (ILAS) com o Instituto Qualisa de Gestão (IQG) reconhece as instituições de saúde que demonstram excelência clínica e notável compromisso com o tratamento da sepse, apresentando regularmente resultados adequados, em termos de desfecho clínico. O programa consiste em padrões de excelência para atendimento a

Leia mais

16
maio

Dr. Luciano em entrevista no Jornal da Câmara

16
maio

Livro do Coren é atualizado com as novas definições

Veja o livro do Coren aqui

24
abr

Leda Nagle recebe o médico intensivista Luciano Azevedo

Entrevista com Luciano Azevedo – Sem Censura

24
abr

Dr. Luciano Azevedo, entrevistado no Programa do Jô

Veja a entrevista completa neste link

24
abr

Livro Sepse, um problema de saúde pública CFM e ILAS.

Veja o livro de forma digital, clique aqui.

24
abr

Palestra no Hospital São Francisco

24
abr

FERNANDO SABIA TALLO

“Levando em consideração que cerca de metade dos pacientes com sepse são atendidos em um serviço de urgência e emergência a ABRAMURGEM (Associação Brasileira de Medicina de Urgência e Emergência) sente-se diretamente responsável em apoiar iniciativas que promovam o conhecimento, a capacitação, e a educação continuada na SEPSE. A responsabilidade do médico emergencista é muito grande. Estamos ao lado de

Leia mais

24
abr

DMS Edição 2015

Mais uma vez, as ações de conscientização sobre a Sepse, a síndrome que mata uma pessoa por segundo no mundo, foi um sucesso no Brasil. Esse ano, o ILAS – Instituto Latino Americano de Sepse promoveu entrega de folhetos explicativos em locais de grande circulação em cinco capitais: Belém (PA), São Luís (MA), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF) e Florianópolis

Leia mais

5
abr

Proteína pode reduzir número de mortes por sepse.

Descoberta de proteína por pesquisadores pode reduzir mortes por sepse no Brasil Descoberta científica inédita da USP de Ribeirão Preto pode reduzir as 350 mil mortes por sepse que ocorrem todos os anos no Brasil. Pesquisadores da Faculdade de Medicina identificaram a proteína Icaa dentro da bactéria Coxiella burnetii, responsável pelo choque séptico. Atualmente, um terço dos leitos em UTIs

Leia mais